Pesquisa:

Formadores CIFOTIE

O CIFOTIE possui uma equipa de Formadores com as qualificações adequadas à docência das diferentes componentes de Formação:

Formação Tecnológica

Estes Formadores têm uma qualificação académica de nível superior: Licenciaturas , Mestrados, Pós-Graduações, nas áreas das Engenharias Eléctricas, Electrotécnica, Electromecânica e/ou de Mecânica. Eles proporcionam aos formandos a aquisição de saberes técnicos e competências específicas, necessários ao desenvolvimento das actividades inerentes ao exercício das profissões nas áreas da electricidade, electrotecnia, energias renováveis e electromecânica, incorporando a capacidade de análise crítica e resolução de problemas.

Formação Científica

Estes Formadores tem qualificação de nível superior na área, e habilitação para a docência no âmbito do domínio de formação do respectivo Curso de Aprendizagem. Eles transmitem os saberes científicos e as competências estruturantes, desenvolvidos através da observação, análise e experimentação, contribuindo para um exercício profissional mais consciente e fundamentado.

Formação Sociocultural

Estes Formadores tem qualificação de nível superior na área, e habilitação para a docência, e proporcionam aos formandos a aquisição e reforço dos conhecimentos e competências pessoais, sociais e culturais, nomeadamente nos domínios da língua portuguesa e estrangeira, cidadania e empregabilidade, trabalho autónomo e de equipa, inovação e empreendedorismo e utilização de novas tecnologias.


Os Formadores do CIFOTIE são regulados pela Portaria n.º 214/2011, de 30 de maio, que veio estabelecer o regime da formação e certificação de competências pedagógicas dos formadores e que desenvolvem a sua atividade no âmbito do Sistema Nacional de Qualificações (SNQ).

Para além do certificado de competências pedagógicas (CCP), os Formadores do CIFOTIE possuem:

  • Qualificação de nível superior;
  • Domínio técnico atualizado relativo à área de formação em que é especialista;
  • Domínio dos métodos e técnicas pedagógicas adequados ao tipo e nível de formação que desenvolve e ao grupo de formandos em concreto;
  • Conhecimentos necessários à avaliação das aprendizagens;
  • Competências para o estabelecimento de redes e de comunidades de aprendizagem que lhe permitam funcionar como facilitador do processo de aprendizagem.

Atividades do Formador CIFOTIE

  • Ministrar a formação para a qual está habilitado;
  • Planear situações de aprendizagem que promovam a mobilização de conhecimentos para a resolução de problemas;
  • Conceber e produzir os materiais técnico-pedagógicos e instrumentos de avaliação necessários ao desenvolvimento do processo formativo;
  • Garantir que os materiais supramencionados ficam obrigatoriamente disponíveis, de forma organizada, na entidade formadora, preferencialmente em suporte digital, para utilização noutras ações e partilha com outros formadores;
  • Avaliar os formandos;
  • Colaborar com os restantes elementos da equipa técnico-pedagógica na definição das respostas de formação que se revelem mais adequadas às necessidades individuais.

O Formador tem o dever de possuir o Regulamento Interno do Formador, pelo qual deve agir em conformidade.

Bolsa de Formadores

Se quiser fazer parte da nossa bolsa de formadores, e cumpre as habilitações necessárias ao exercício da Formação Profissional, envie o seu currículo para o Polo CIFOTIE mais próximo de si.

 

Solicitar Informações

2017 © Rodapé PT
Centro Internacional de Formação dos Trabalhadores da Indústria e Energia - Termos e Condições
Logos PT
logos
Cursos de Aprendizagem | Formação Profissional | Cursos energias renováveis | Centro de formação profissional | Cursos energia solar | Cursos eletricidade | Formação Energia | Cursos climatização refrigeração |